Acesso a Mercado Imprimir E-mail

O Comércio Justo e Solidário já existe no Brasil! Muitos são os espaços de comercialização que já se reconhecem com esta proposta e até se auto-intitulam como tal. Mas por certo que precisamos crescer muito mais.

Vender não significa apenas colocar seu produto ou serviço para o consumidor. Vender bem requer uma ação planejada e consciente que demonstre na prática a atenção à qualidade, aos cuidados com as embalagens e rótulos, ao desenvolvimento e execução de estratégias de marketing, ao respeito aos direitos do consumidor etc.

Acessar mercados ou construir mercados solidários é assim uma tarefa que vai além da simples venda. Mais do que chegar lá, é preciso se manter, o que nem sempre é fácil num mundo onde a maior parte da produção se faz através da precarização do trabalho e degradação ambiental.

Abaixo apresentaremos algumas dicas e contatos dos distintos canais de comercialização justos e solidários já existentes no Brasil. Mais para a frente, pretendemos construir um guia de acesso e construção de mercados com outras dicas sobre como e o que fazer para se colocar cada vez mais e melhor nos canais de venda.

Conhecendo os canais de comercialização brasileiros

O SIES - Sistema Nacional de Economia Solidária mapeou os principais canais de comercialização dos EES reconhecidos como de Economia Solidária.

 

Abaixo apresentaremos algumas experiências brasileiras de cada um destes canais de comercialização, com contatos e dicas de como acessar.

FEIRAS

- Feiras de Economia Solidária

 

 

 

Video da campanha nacional "Economia Solidária - outra economia acontece"

O JavaScript está desabilitado!
Para ver esse contúdo, você precisa de um browser capaz de reconhecer JavaScript.


- Feiras locais de produtores urbanos, de produtos orgânicos, da agricultura familiar, etc.

 

- Feiras de trocas solidárias

 

Lojas de comercialização de produtos solidários:

- Boutique Solidária

Curitiba-PR, contato: Monalisa Stefani ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. );

- Associação Mundaréu

A Associação Mundaréu é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip). Foi criada em 2001 para promover o desenvolvimento e a inclusão social de grupos de produtores artesanais de todo o país.

Rua Mourato Coelho, 988, Vila Madalena, São Paulo, SP, Tel. (11) 3032 4649

- Loja da Reforma Agrária

O MST possui diversas opções para você e para oferecer uma lembrança especial a quem você gosta. É só escolher. São camisetas, bonés, livros, CDs, jornal e revista que retratam a história da luta pela terra. São lembranças da história do MST. Dê um presente solidário e contribua com a luta pela Reforma Agrária.

Loja em Curitiba (PR) Mercado Municipal - R. Sete de Setembro, 1865 / box 059

Lojas em Porto Alegre (RS) Matriz : Mercado Público - Largo Glênio Pérez / Loja 15
Filial 1: Via Campesina Avenida Farrapos, 88 - Porto Alegre (RS)

- Lojas Mundo Paralelo

O Mundo Paralelo comercializa produtos da Economia Solidária através das práticas do Comércio Justo e Solidário. Atualmente com duas lojas, uma na cidade de Novo Hamburgo e outra na cidade de Porto Alegre, vem via internet oferecer aos clientes de todo o Brasil produtos de produção associativa e autogestionária.

Rua Primeiro de Março, 467 - Centro - Novo Hamburgo/RS - Tel. (51) 3066 2995

Contatos: Miguel Steffen ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ) e Leo Pinho ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. );

 

Projetos de empresas ou varejistas

- Em 2003, o programa permitiu que 32 fornecedores, entre associações, cooperativas, micro-empresas e afins, de 16 estados brasileiros, comercializassem 205 produtos diferentes nas prateleiras das lojas da Companhia.

 

Compra Pública

Programas de compra pública de produtos solidários:

- CONAB – compra direta da agricultura familiar: ASSORHGRAN vai se associar à CONAB (tem que estar com tudo em dia), e cadastrar os produtores;

- Parceria com Poder Público Municipal para produtos da merenda escolar (prêmio da melhor merenda escolar do Brasil em 2005), desde 1994, instituído como lei municipal – chega a 9.000 alunos, além de creches e entidades (22 beneficiadas com o programa), e o Restaurante Municipal para funcionários da prefeitura (1.200 refeições por dia);

- Parceria com a Prefeitura no Vale Verdura (melhoria da qualidade da alimentação dos funcionários e territorialização e consolidação da produção rural familiar). Instituído por lei Municipal (2600 funcionários beneficiados). A proposta do programa já foi replicada por 17 cidades de MG e 3 municípios do RJ;

- Programa “Queijo Minas Artesanal” – busca de qualidade do produtos, exigências legais com selo de certificação do IMA, e o selo “Queijo Araxá” (certificado de origem);

 

E-commerce

Rede de Comercialização da Agricultura Familiar

Loja Virtual da Mundo Paralelo

• Sistema Fórum Brasileiro de Economia Solidária (em implantação)

Solidarius


Mercado interno de Comércio Justo e Solidário

Como o sistema de certificação e monitoramento do Comércio Justo e Solidário ainda está para ser implementado, não há como verificar com segurança quais empreendimentos efetivamente obedecem a todos os critérios. Enquanto isso, a melhor informação sobre o mercado interno é o Atlas da Economia Solidária. As informações apresentadas a seguir são um resumo dos principais resultados deste levantamento pioneiro.


O relatório completo pode ser baixado aqui.